© 2019 by Jéssica Balbino

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

"nossas narrativas 
transformam o mundo"

—  Jéssica Balbino

Por paixão e por formação, Jéssica Balbino é jornalista e acredita que as narrativas podem transformar o mundo.  Viciada em café e histórias, é mestre em comunicação pela Unicamp, é premiada pelo Estado de Minas Gerais com o projeto Margens e pelo Minc com o livro-reportagem "Hip-Hop - A Cultura Marginal".  Recebeu também, por dois anos consecutivos, o prêmio Maiores & Melhores, na categoria Assessoria de Imprensa.

 

Dedica-se a registrar histórias por meio das vivências. É autora dos livros "Hip-Hop - A Cultura Marginal" e "Traficando Conhecimento", além de ter participado de várias antologias. Entusiasta do jornalismo literário, coordena o Margens, projeto que realiza curadoria, divulgação e edição de conteúdo e reportagens de literatura contemporânea brasileira, especialmente a produzida por mulheres. 

 

Participou de eventos literários dentro e fora do país e é também curadora e produtora de projetos como o Lá na Laje, que durante o ano de 2018 realizou duas temporadas de um clube do livro sem livros no Sesc Pompeia, bem como do encontro de Arte da Periferia no Flipoços desde 2009. 

 

Jéssica Balbino também escreve para veículos como Catraca Livre, M pelo Mundo, BuzzFeed, Hysteria e Suplemento Pernambuco.  

 

Trabalha como assessora de imprensa apenas para pessoas e projetos em que acredita - e que transformam o mundo, entre eles, Mel Duarte, Flipoços, Livraria Africanidades, Mostra Cultural da Cooperifa, entre outros. 

 

Em 2017, foi apontada pelo Centro Cultural de São Paulo como uma das 100 mulheres que mais incentivam a cultura no país. Quando não está trabalhando, grava o podcast #Rabiscos,  gosta de cozinhar e viajar, mas depois, escreve sobre as experiências. 

Jessica Balbino